início do conteúdo

Parabéns Campo Novo do Parecis!

Publicado por: Campus Campo Novo do Parecis / 4 de Julho de 2019 às 09:51

Conhecida como Celeiro Nacional da Produção, Campo Novo do Parecis comemora, nesse dia 04 de julho, 31 anos de emancipação político-administrativa.

Hoje, nada mais justo que parabenizar o povo camponovense que, com seu trabalho diário, constrói o desenvolvimento do município e não mede esforços na busca do crescimento e de melhores dias para essa cidade.

O desejo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) campus Campo Novo do Parecis é que cada munícipe seja um ponto de apoio na constante construção de uma cidade cada dia melhor e que através de valores sólidos ajudem a preparar as crianças e jovens para este processo contínuo de transformação que o município tanto merece.

O IFMT campus Campo Novo do Parecis tem orgulho de pertencer a esta cidade que acolheu a Educação Profissional e Tecnológica de braços abertos e reitera seu compromisso de continuar contribuindo com o crescimento intelectual, científico e cultural do município.

Parabéns Campo Novo do Parecis pelos 31 anos de emancipação, cultura e protagonismo matogrossense.

História:

Tem em seus aspectos históricos relações diretas com a história do Mal. Cândido Rondon. Em 1907, Cândido Rondon passou pela região em busca do Rio Juruena, atingiu o Rio Verde e seguiu para o norte em busca do Salto Utiariti, fronteando o sítio onde nasceria o futuro município.

O território de Campo Novo do Parecis foi trabalhado em duas direções pelos serviços de linha telegráfica: uma para oeste rumando para Utiariti e Juruena e outra para leste, em busca de Capanema e Ponte de Pedra. Em fins de janeiro de 1914, o ex-presidente dos Estados Unidos da América, Theodore Roosevelt, passou defronte ao sítio de Campo Novo do Parecis, em viagem pela Amazônia, em Companhia de Rondon.

A ocupação efetiva da região deu-se na década de setenta, com abertura de fazendas e a instalação de famílias de migrantes vindos de estados sulistas. No lugar da futura cidade, à beira da estrada entre Diamantino e Utiariti assentaram-se diversas famílias. O local formava um cotovelo no ponto de encontro das retas conhecidas pelas denominações de Caitetu e Taquarinha.

Primeiramente a localidade foi chamada de Campos Novos, denominação que se confundia com a estação telegráfica de Rondon, na região de Vilhena. Aos poucos, o nome foi mudado para Campo Novo e em 1981, foi feita doação de 293 hectares de terras para formação de um patrimônio, com essa denominação.

A Lei nº 5.315, de 04 de julho de 1988, criou o município, já com o nome atual de Campo Novo do Parecis (http://www.camponovodoparecis.mt.gov.br/A-Cidade/Historia/).

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - Campus Campo Novo do Parecis

(65) 3382-6200

MT 235 Km 12, s/n - CEP: 78360-000

Campo Novo do Parecis/MT